Site Gazeta de Pinheiros - 31/01/2020

Painéis convidam paulistano a participar da despoluição do Rio Pinheiros

No aniversário de 466 anos de São Paulo, cinco novos painéis estão fazendo um convite ao paulistano. Instalados nas pontes do Morumbi e da Cidade Universitária, no Rio Pinheiros, eles trazem um questionamento: “Quem mais pode ajudar a despoluir o Rio?” A resposta é direta: como o painel é espelhado, o cidadão vê a si mesmo.

No ano passado, o Governo de São Paulo lançou o Novo Rio Pinheiros, um grande programa de saneamento na bacia do rio com participação de vários órgãos, entre eles a Sabesp. O objetivo é deixar o Pinheiros limpo até 2022.

Os novos painéis alertam que a responsabilidade pela limpeza do rio é de todos. O descarte incorreto de lixo é uma das principais fontes de poluição. Jogado em vias e córregos, esse lixo é levado pelas chuvas e vai parar no leito do Pinheiros e de outros rios. Outro ponto importante de conscientização é o despejo correto de esgoto.

Nos painéis, por meio de um QR Code, o cidadão é direcionado ao site novoriopinheiros.sp.gov.br, onde terá dados detalhados do projeto e do andamento das obras.

Novo Rio Pinheiros

As obras de saneamento já estão em execução nas principais sub-bacias do Pinheiros, como os córregos Zavuvus e Ponte Baixa/Socorro. Até o momento, os resíduos retirados no desassoreamento equivalem a 30 mil caminhões. Mais de 9 mil toneladas de lixo também foram coletadas.

Pela primeira vez, o trabalho de despoluição do Pinheiros é realizado de forma integrada pela Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente com a Sabesp, a Emae, a Cetesb e o Daee atuando simultaneamente na coleta e tratamento do esgoto, aprofundamento do rio, retirada de lixo, medição da qualidade da água, controle da vazão e revitalização das margens.

Só a Sabesp investirá R$ 2 bilhões em obras que já estão em execução e vão ampliar coleta e tratamento de esgoto nas principais sub-bacias do Pinheiros. A Emae deve investir mais R$ 70 milhões no desassoreamento.

Desenvolve SP

O Governo do Estado de São Paulo vai financiar, por meio da Desenvolve SP, as empresas vencedoras dos editais públicos realizados pela Sabesp para a despoluição do rio Pinheiros. O objetivo é acelerar os processos necessários para que os projetos das ganhadoras saiam o quanto antes do papel e possam melhorar a qualidade de vida da população e até otimizar a economia local em torno da extensão atendida.

Como a instituição financeira do governo estadual, a Desenvolve SP vai oferecer financiamentos com vantagens exclusivas para as companhias que ganharem os certames, realizados pela Sabesp, estabelecidos dentro do programa Novo Rio Pinheiros, independente do porte das empresas. Os recursos para essa iniciativa serão da linha de crédito Economia Verde, com taxas a partir de 0,17% ao mês acrescidos da Selic. Os atendimentos da Desenvolve SP já estão acontecendo, conforme os vencedores de cada lote.

“Essa iniciativa é muito importante para São Paulo, principalmente para a capital, porque fará com que o rio Pinheiros passe a ter um uso inteligente, impactando positivamente a qualidade de vida da população. Inclusive, outras instituições financeiras poderão participar dos financiamentos”, diz o presidente da Desenvolve SP, Nelson de Souza.

O programa Novo Rio Pinheiros tem como meta reduzir o esgoto lançado em seus afluentes, melhorar a qualidade de suas águas e integrá-lo à cidade. O compromisso do Governo é despoluir o rio Pinheiros e entregá-lo limpo à população da cidade de São Paulo até dezembro de 2022.

“O rio Pinheiros está inserido dentro de um projeto de saneamento básico que engloba uma grande bacia. O Programa Novo Pinheiros tem cinco eixos estruturantes: saneamento, manutenção, tratamento de resíduos sólidos, revitalização e comunicação e educação ambiental. Temos convicção que é possível revitalizar o rio Pinheiros”, afirmou o Secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, na assinatura dos quatro primeiros contratos do pacote de obras, em 2 de dezembro de 2019.

Link da notícia: https://www.gazetadepinheiros.com.br/2020/01/31/paineis-convidam-paulistano-a-participar-da-despoluicao-do-rio-pinheiros/