Site Jornal O Imparcial - 16/12/2019

Governo de São Paulo disponibiliza linhas de crédito a setores de Engenharia, Agronomia e Geociências

Desenvolve SP e CREA-SP firmam termo de cooperação que impulsionará projetos de infraestrutura em todo o Estado

Em iniciativa inédita, o Governador João Doria, por meio do Desenvolve SP – O Banco do Empreendedor, firmou na sexta-feira, 6 de dezembro, termo de cooperação com o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (CREA-SP). A partir de agora, micro, pequenas e médias empresas de engenharia, agronomia e geociências do Estado de São Paulo terão à disposição condições especiais de financiamento para projetos de expansão, modernização, aquisição de máquinas e equipamentos e capital de giro.

Monte Alto esteve presente na solenidade com representantes locais do CREA, os inspetores Claudinei Ap. Ianilli (engenheiro eletricista e segurança do trabalho), Marcelo Bacalini (engenheiro eletricista), Éder Roberto Pavão (engenheiro de produção mecânica), Marcos Vinicius Bigolotti (engenheiro civil) e Jonathan Klebes (engenheiro químico).

“Este acordo que nós firmamos para o financiamento através da Desenvolve SP é rápido e fácil, em dois dias úteis, no máximo, o crédito de capital de giro está disponível”, disse Doria. “Tudo que temos feito com o Banco do Empreendedor está indo bem porque é rápido. A análise de crédito é feita com muita velocidade. Não há sequer a necessidade de ir fisicamente até a instituição, pode ser feito pelo celular, tablet ou computador. E é assim que se desenvolve a economia de São Paulo”, enfatizou.

Além das linhas especiais de crédito para as empresas do setor registradas junto ao CREA-SP, a parceria prevê também o apoio técnico de engenharia, agronomia e geociência para projetos de infraestrutura financiados pela Desenvolve SP em todo o Estado.

“A essência da profissão de engenheiro é a racionalidade de compromisso com a lógica, que vai ao encontro do pensamento do governo de São Paulo”, disse o Secretário da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo, Henrique Meirelles. “Os incentivos que o Estado dá ao crescimento da industrialização seguem uma linha rígida e sólida de compromisso com a realidade econômica. E o programa anunciado hoje pelo Governador mostra, com clareza, esse compromisso: financiamento da Desenvolve SP com critérios lógicos e racionais, diretos, e que vão produzir grandes resultados”, concluiu.

COMO FUNCIONA – Com a parceria, a Desenvolve SP passa a disponibilizar condições especiais de prazo e carência em duas linhas de crédito com recursos próprios para as empresas registradas na entidade. Uma delas é a Crédito Digital, capital de giro com aprovação em até dois dias úteis, em processo totalmente online, com taxa de juros a partir de 0,90% ao mês (0,65% acrescidos da TLP). A outra é a linha Financiamento ao Investimento Paulista (FIP) que terá taxa de juros a partir de 0,33% ao mês (+ Selic). O prazo de pagamento chega a 120 meses, incluindo carência de até 36 meses.

“A parceria com a Desenvolve SP aproxima o CREA-SP do esforço do Estado de São Paulo de promover o desenvolvimento, com a geração de novos negócios, emprego e renda, ao incentivar em condições especiais, obras de infraestrutura a empresas devidamente cadastradas e adimplentes junto a este Conselho. Nesse sentido, disponibilizamos nossa capilaridade por todo o território do Estado de São Paulo, ao mesmo tempo em que cumprimos nossa função primeira, que é de fiscalizar, controlar, orientar e aprimorar o exercício e as atividades profissionais, zelando pela segurança da sociedade”, afirmou o presidente do CREA-SP, Vinicius Marchese.

QUEM PODE SOLICITAR – Poderão solicitar financiamentos por meio da parceria as MPMEs registradas na entidade com faturamento anual a partir de R$ 81 mil até R$ 300 milhões, instaladas no Estado de São Paulo, que estejam regulares tanto no âmbito fiscal quanto no de crédito. As informações sobre as linhas estão disponíveis no site da Desenvolve SP. O limite de crédito a ser financiado nos projetos será de até R$ 30 milhões, mediante análise de crédito vigente da instituição e apresentação de garantias.

“Ao aliar a ampliação de acesso ao crédito ao setor à capilaridade e expertise do Crea-SP, o Governo de São Paulo estimula projetos voltados à infraestrutura que geram oportunidades, trabalho e renda. Essa parceria é um marco que contribui para a promoção do desenvolvimento econômico em todo o estado”, afirma o Presidente da Desenvolve SP, Nelson de Souza.

Link da notícia: http://www.oimparcialmontealto.com.br/noticias/governo-de-sao-paulo-disponibiliza-linhas-de-credito-a-setores-de-engenharia-agronomia-e-geociencias/