Portal Estadão - Blog Fausto Macedo - 12/05/2020

Criatividade e resiliência devem ditar futuro dos negócios

Luciana Ikedo*

É hora de assimilar que o mundo que existia há um mês não existe mais. E, quanto mais rápido nos dermos conta disso, mais facilmente conseguiremos nos adaptar a essa nova realidade. Como bem disse Charles Darwin, “não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas aquele que melhor se adapta às mudanças”. Assim, criatividade e resiliência devem ser palavras-chaves no dia a dia dos empreendedores e empresários daqui pra frente.

E, apesar de essas serem características muito exaltadas no mundo empresarial como fator de sucesso nos negócios, nem sempre elas estão associadas à capital financeiro ou tecnologia. Buscar formas alternativas de manter-se próximo dos seus clientes tem surtido bastante efeito. Estão em alta a implantação do atendimento virtual, criação ou ampliação de serviço de “delivery”, sistema de “drive-thru” e até mesmo a geração de conteúdo relevante nas mais diversas plataformas e redes sociais que seu público consome.

Conheça as dores do seu consumidor. Neste momento de isolamento social é algo que se faz essencial. Mas, essas são apenas algumas das muitas estratégias que as empresas podem adotar. Fazer uma projeção do fluxo de caixa para os próximos meses, considerando os custos fixos que não podem ser cortados, também. Aproveite e tente negociar com fornecedores, a possibilidade de redução nos valores acordados antes da crise.

A conta não fechou? Fique atento às linhas de crédito que estão sendo implementadas neste momento, como a Linha de crédito “Desenvolve SP”, que possui contratação online e possui condições especiais e convidativas: juros de 1,2% ao mês, carência de 12 meses para o início do pagamento e parcelamento em até 60 meses e a linha para financiamento da folha de pagamentos por dois meses, resultado de uma parceria entre o BNDES e os principais bancos privados do país;

Já para aqueles que possuem dívidas bancárias, que tal solicitar a prorrogação das mesmas, além de ficar atento às medidas de prorrogação de vencimento de tributos? Refaça orçamentos. A atividade econômica está reduzida? Aproveite para estudar e aumentar o seu conhecimento sobre gestão, negócios e até mesmo finanças. Também pode ser um bom momento para treinar todo o seu time para que estejam prontos para a retomada. O mais importante é se manter ativo e ser lembrado pelo seu cliente.

*Luciana Ikedo, sócia-fundadora do escritório Ikedo Investimentos

Link da notícia: https://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/criatividade-e-resiliencia-devem-ditar-futuro-dos-negocios/