O Inovacred Expresso é uma linha de crédito complementar ao Inovacred que financia projetos de inovação para micro, pequenas e médias empresas, por meio de operações de R$ 20 mil até R$ 15 milhões e com fluxo operacional simplificado, visando o desenvolvimento e implementação de produtos e processos novos ou aperfeiçoados.

O Inovacred Expresso atende empresas com faturamento até R$ 300 milhões, divididos em quatro portes:

Porte I: até R$ 4,8 milhões;

Porte II: de R$ 4,8 milhões até R$ 16 milhões;

Porte III: de R$ 16 milhões até R$ 90 milhões;

Porte IV: de R$ 90 milhões até R$ 300 milhões.

Solicite o financiamento

Condições de Financiamento

TaxaPorte I e II: TR + 4,236% ao ano
Porte III e IV: TR + 5,575% ao ano
Prazoaté 48 meses*
Carênciaaté 12 meses

* incluindo a carência
As condições do financiamento poderão ser alteradas sem aviso prévio

Público alvo

Empresa que desenvolva atividades inovadoras para as etapas científicas, tecnológicas, organizacionais e comerciais, incluindo investimento em novas formas de conhecimento, que visam à inovação de produtos e/ou processos.

Para a empresa se enquadrar, os investimentos pleiteados devem necessariamente estar associados a seus esforços de inovação e atender no mínimo um dos requisitos listados abaixo:

I – Empresas que tenham recebido pelo menos um dos seguintes apoios nos 10 anos anteriores à submissão da proposta de financiamento:

  1. Incentivos fiscais à P&D e inovação tecnológica;
  2. Subvenção econômica à P&D (Ex.: Subvenção Nacional FINEP, TECNOVA, PAPPE Subvenção, PAPPE Integração, PRIME, Editais estaduais, etc.);
  3. Financiamento a projetos de P&D e inovação tecnológica em parceria com universidades ou institutos de pesquisa (Ex.: NAGI, SIBRATEC, SENAI/SESI, SEBRAETEC-Área de Inovação, EMBRAPII etc.);
  4. Financiamento a projetos de P&D e inovação tecnológica sem parceria com universidades ou institutos de pesquisa (Ex.: FINEP 30 dias, Juro Zero, Inova Brasil, MPME inovadora do BNDES, etc.);
  5. Bolsas para pesquisadores em empresas (Ex: RHAE/CNPq, Programa Inova Talentos, INOVAR, FINEP, CRIATEC, FINEP START UP, etc.);
  6. Aporte de recursos de capital de risco ou participação para empresas inovadoras apoiadas por fundos de venture capital que tenham participação de recursos públicos;
  7. Programas de apoio a start ups inovadoras (Ex: INOVATIVA);
  8. Programas de capacitação patrocinados por entidades do sistema S que promovam a inovação no âmbito empresarial (Ex: Programa Jornada de Transformação Digital – Sebrae/Senai/Fiesp, Crédito Inovação Finep-Sebrae);
  9. Outros programas de inovação submetidos pela Desenvolve SP à apreciação e aprovação prévia da Finep.

II – Empresas que tenham histórico na área de Propriedade Intelectual (Propriedade Industrial) nos 10 anos anteriores à submissão da proposta de financiamento:

  1. Possuir registro de patente no INPI, a contar do registro obtido até a data do pedido de financiamento no Agente Financeiro;
  2. Ter depositado pedido de patente no INPI, desde que o pedido de patente esteja válido até o momento do protocolo da proposta no Agente Financeiro;

III – Empresas que estejam instaladas em Parques Tecnológicos.

No momento do pedido, a empresa deverá comprovar que está instalada em um Parque Tecnológico. Serão aceitos os constantes da relação divulgada pela Anprotec.

Para efeitos de pertencimento, além das empresas instaladas, será admitida a participação à distância, desde que formalizada sua relação.

IV – Empresas instaladas ou que tenham sido instaladas nos últimos 10 anos em mecanismos de geração de empreendimentos conforme descrito abaixo:

  1. Incubadora de empresas: organização ou estrutura que objetiva estimular ou prestar apoio logístico, gerencial e tecnológico ao empreendedorismo inovador e intensivo em conhecimento, com objetivo de facilitar a criação e o desenvolvimento de empresas que tenham como diferencial a realização de atividades voltadas à inovação;
  2. Aceleradora de Negócios: mecanismo de apoio a empreendimentos ou empresas nascentes que já possuem um modelo de negócio consolidado e com potencial de crescimento rápido. Possuem conexões com empreendedores, investidores, pesquisadores, empresários, mentores de negócios e fundos de investimento, e oferecem benefícios que podem incluir mentoria, avaliação, treinamentos, crédito ou investimento por meio de fundos ou de capital de risco;
  3. Laboratório aberto de prototipagem de produtos e processos (makerspace): laboratório ou oficina de uso compartilhado e aberto a múltiplos públicos, equipado com ferramentas de fabricação digital e prototipação rápida, controladas por computador e operando com os mais diversos materiais de suporte, que permitem a fabricação rápida, flexível e de baixo custo de objetos físicos, de modo a possibilitar a exploração criativa de ideias, o desenvolvimento de testes de conceito, protótipos e aplicações e o estímulo à cultura de compartilhamento e produção cooperada.

No momento do pedido, a empresa deverá comprovar que está instalada em um dos mecanismos de geração de empreendimentos descritos, através de declaração comprobatória obtida junto à Instituição.

Para efeitos de pertencimento, além das empresas instaladas, será admitida a participação à distância, desde que formalizada sua relação.

Participação

Até 90% do valor dos itens financiáveis

Garantias

O Desenvolve SP fornece uma alternativa para micro, pequenos e médios empresários que não possuem garantias reais suficientes. Conheça mais

Itens financiáveis

São considerados como itens financiáveis do projeto aqueles necessários às atividades de Inovação e elencados a seguir:

  • Equipamentos Nacionais;
  • Equipamentos Importados;
  • Softwares;
  • Matérias-primas e Materiais de Consumo ligados à prototipagem ou Lotes Pioneiros;
  • Serviços de Consultoria Tecnológica;
  • Marketing e Comercialização do Produto/Processo/Serviço Inovador;
  • Patenteamento e Licenciamento;
  • Compra de Tecnologia;
  • Treinamento;
  • Testes e certificação;
  • Equipe Própria;
  • Encargos de fundos de aval e garantidores.