Desenvolve SP - 05/05/2022

Desembolsos do Desenvolve SP para a região de Registro somam R$ 38,5 milhões na pandemia

Localizada no município de Barra do Turvo, a Palmitos Moema obteve financiamento através do programa Vale do Futuro

Financiamentos da agência de fomento paulista beneficiaram empresários de todos os portes e segmentos e prefeituras da região

Empresas e prefeituras da Região Administrativa de Registro financiaram R$ 38,5 milhões da agência de fomento Desenvolve SP entre os meses de março de 2020 a março deste ano, distribuídos em 104 contratos. A maior fatia dos desembolsos foi destinada para projetos de investimento, modernização ou ampliação, totalizando R$ 30,8 milhões. O restante dos recursos foi utilizado para capital de giro (R$ 5,4 milhões) e na aquisição de máquinas e equipamentos (R$ 2,4 milhões).

“O Desenvolve SP cumpriu seu papel de atuar como um agente anticíclico, auxiliando as empresas e prefeituras da região a superarem a crise causada pela pandemia. Estamos trabalhando ativamente para expandir os desembolsos aos municípios, tanto para o setor público, quanto para o privado”, afirmou o presidente do Desenvolve SP, Sergio Gusmão Suchodolski.

Pouco menos de um terço do montante desembolsado pelo Desenvolve SP para a região de Registro foi destinado a sete prefeituras da região: R$ 10,3 milhões. As administrações municipais de Barra do Turvo, Eldorado, Itariri, Miracatu, Pedro de Toledo, Registro e Sete Barras utilizaram os recursos para projetos de infraestrutura municipal, incluindo obras de pavimentação, recapeamento e iluminação pública.

Já no setor privado, a maior parte dos recursos teve como destino micro e empresas do setor de serviços, totalizando R$ 9,5 milhões em financiamento entre março de 2020 a março deste ano. A seguir estão os setores da indústria (R$ 7,2 milhões), comércio (R$ 6,7 milhões) e agronegócio (R$ 4,8 milhões).

As linhas de crédito do Desenvolve SP contam com juros baixos, carência de até 36 meses e prazos que podem chegar a 120 meses. Uma das empresas da região de Registro que se beneficiou do financiamento da agência de fomento foi a Palmitos Moema. Localizada no município de Barra do Turvo, a empresa aderiu no ano passado ao programa Vale do Futuro, que tem o objetivo de promover o desenvolvimento econômico dos municípios situados na região do Vale do Ribeira através do financiamento ao agronegócio, comércio, serviços e indústria.

A empresa trabalha com palmitos das espécies Juçara e Pupunha e tem certificação ambiental do ICMBio, da Sabesp e da Cetesb – que são parte do processo de atuação com o Desenvolve SP. Segundo o empresário Adevair de Oliveira, proprietário da Palmitos Moema, o financiamento foi essencial para ampliar a produção da empresa. “Nossa perspectiva de mercado mudou, fazemos de 4 mil a 7 mil caixas de palmito e ainda posso chegar a 12 mil caixas por mês”, afirmou Oliveira.

Sobre o Desenvolve SP

Vinculado à Secretaria da Fazenda e Planejamento, o Desenvolve SP é uma instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo que oferece opções de financiamento para micro, pequenas e médias empresas paulistas com prazos longos e taxas de juros competitivas. As opções de crédito do Desenvolve SP financiam projetos de investimento em ampliação e modernização, aquisição de máquinas e equipamentos, capital de giro, iniciativas ambientais sustentáveis e projetos inovadores.

O Desenvolve SP também atua junto ao setor público, com linhas de crédito voltadas para as Prefeituras e destinadas a projetos de cunho ambiental, infraestrutura ou saneamento. Desde o início da pandemia, o banco injetou mais de R$ bilhões na economia paulista.