Jornal Folha de S. Paulo - 12/03/2018

Fomento Paulista

A indústria foi o setor que mais contratou financiamentos da agência de fomento estadual Desenvolve SP neste ano: foram R$ 46 milhões no primeiro bimestre.

Comércio e serviços responderam pelos R$ 29,4 milhões restantes.

Ao se considerar todos os desembolsos feitos no período, houve uma alta de 70% em relação aos dois primeiros meses de 2017, afirma Milton Luiz de Melo Santos, presidente da entidade.

“A combinação de taxa básica de juros mais baixa e inflação abaixo de 3% tem levado muitas empresas a tirar os seus projetos da gaveta”, afirma.

O maior crescimento ocorrei no financiamento para capital de giro, que cresceu 121%. A demanda para formação de capital fixo, que traz ganhos de produtividade, subiu 36%.

“Temos uma previsão de desembolso de R$ 450 milhões para este ano, um número bem acima dos R$ 350 milhões de 2016.”

R$ 75,5 MILHÕES Foi o valor desembolsado pela Desenvolve SP para financiamentos do 1° bim.

Fonte: Seção: Folhainvest | Caderno: A | Página: 14